Doação de sangue e violência contra a mulher: Qual a relação entre os temas?

Qual a ligação? Ambos são marcados no dia 25 de novembro, pelas seguintes datas:

• Dia Nacional do Doador de Sangue

• Dia Internacional de Não Violência contra as Mulheres

E mais… No último ano, os dois também foram gravemente impactados pela pandemia da Covid-19.

Segundo o Hemorio, a pandemia provocou uma queda de 30% nos estoques do produto. Para atender à demanda dos pacientes no estado do Rio, é necessário obter pelo menos 300 bolsas de sangue por dia. A média atual é de 210.

Assim como, de acordo com pesquisa do Instituto Datafolha encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), uma em cada quatro mulheres acima de 16 anos afirma ter sofrido algum tipo de violência no último ano no Brasil, durante a pandemia.

 

Portanto, mais do que nunca, estes temas merecem atenção!

 

A diminuição de doações na pandemia pode prejudicar o atendimento nos hospitais, afetando a realização de cirurgias e outros procedimentos – acesse a lista e veja o Hemocentro mais perto de você. “A única forma de garantir o suprimento suficiente é através da doação voluntária. A doação de sangue é um gesto de solidariedade e salva vidas. Vamos nos unir para enfrentarmos essa pandemia, juntos somos mais fortes!”, afirma a técnica em hemoterapia do IFF/Fiocruz Fernanda Ferreira.

Se você estiver em dúvida se pode ou não doar sangue, leia mais sobre clicando aqui ou ligue para o DISQUE SANGUE – 0800-2820708. A doação de sangue é um ato voluntário e altruísta que SALVA VIDAS. 💉

 

Para denunciar casos de violência contra a mulher ou procurar ajuda, veja os meios: 🙅‍♀️

• Em uma situação emergencial: disque 190. É o número de telefone da Polícia Militar que deve ser acionado em casos de necessidade imediata ou socorro rápido;

• O Conselho Nacional de Justiça se uniu à Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e lançaram, em junho de 2020, a campanha Sinal Vermelho contra a Violência Doméstica. A ideia central é que a mulher consiga pedir ajuda em farmácias, órgãos públicos e agências bancárias com um sinal vermelho desenhado na palma da mão;

• O Ligue 180 presta uma escuta e acolhida às mulheres em situação de violência. O serviço registra e encaminha denúncias de violência contra a mulher aos órgãos competentes, bem como reclamações, sugestões ou elogios sobre o funcionamento dos serviços de atendimento;
A ligação é gratuita e o serviço funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana. São atendidas todas as pessoas que ligam relatando eventos de violência contra a mulher.
O Ligue 180 atende todo o território nacional e também pode ser acessado em outros países.

• As Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (DEAMs) são unidades especializadas da Polícia Civil para atendimento às mulheres em situação de violência. Suas atividades têm caráter preventivo e repressivo, devendo realizar ações de prevenção, apuração, investigação e enquadramento legal, as quais dever ser pautadas no respeito pelos direitos humanos e pelos princípios do Estado Democrático de Direito.

Os Núcleos ou Postos de Atendimento à Mulher nas delegacias comuns constituem espaços de atendimento à mulher em situação de violência (que em geral, contam com equipe própria) nas delegacias comuns.

As Defensorias da Mulher têm a finalidade de dar assistência jurídica, orientar e encaminhar as mulheres em situação de violência. É órgão do Estado, responsável pela defesa das cidadãs que não possuem condições econômicas de ter advogado contratado por seus próprios meios.
Possibilitam a ampliação do acesso à Justiça, bem como, a garantia às mulheres de orientação jurídica adequada e de acompanhamento de seus processos.

Dá para denunciar pelo site da Ouvidora Nacional dos Direitos Humanos, do Governo Federal através do link: https://www.gov.br/mdh/pt-br/ondh.

• Caso a vítima precise de uma medida protetiva, ela pode solicitar por meio do aplicativo Maria da Penha Virtualpelo telefone, no número 197, ou ir até uma defensoria pública.

 

Fontes: Hemorio, CNJ, G1, Senado Federal, www.gov.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre Nós

A Quality House atua há mais de 25 anos no mercado imobiliário. Fundada em 1993, a jovem e inovadora empresa sempre se destacou pela implantação de novos conceitos, que a transformaram em uma referência de sucesso no segmento.
facebook

Agenda

novembro 2021
D S T Q Q S S
« out   dez »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Receba nosso informativo gratuitamente